A Verdade Sobre Frabato

UMA CARTA DE OTTI VOTAVOVA

O que segue é uma tradução de uma carta doada aos ARQUIVOS DA “FRANZ BARDON FOUNDATION” no ano passado. É escrita em alemão pela secretária de Franz, Otti Votavova, endereçada a um estudante. A carta foi escrita 6 anos depois de Franz deixar seu corpo físico, mas antes da morte de Otti, 9 anos depois no dia 9 de fevereiro de 1973.

A Franz Bardon Foundation é dirigida por Jim Mulligan, que até mudou seu nome para Jim Bardon, e não parece completamente confiável. Mas a carta tem preciosos pedaços de informação e creio que ela seja verdadeira. Leia e tome suas próprias conclusões.

Retirado do site Franz Bardon Research.

Praga, Tchecoslováquia – 2 de Julho de 1964.



Prezado Senhor.

Eu recebi sua carta datada do dia 17 de junho. Eu não respondi imediatamente, só porque eu queria que você recebesse pelo menos essa primeira carta através de minha amiga. Eu a espero para uma rápida visita amanhã. Uma pessoa se torna mais e mais iniciada, tão logo ela começa a trabalhar de acordo com as instruções que estão contidas nos trabalhos de F.B.

Não importa se uma pessoa é mais iniciada que outra. Cada ser humano é único e deve trabalhar duro em si mesmo se quiser se tornar um alto iniciado. Ninguém pode andar o caminho da perfeição por outro.

F.B. não apenas tinha discípulos aqui, mas eles estavam espalhados ao redor do mundo e alguns desses muitos estudantes não apenas dominaram os três trabalhos publicados por F.B. na prática mas uma série de mais cartas de Tarô em cuja sabedoria foram pessoalmente iniciados por F.B. Não era absolutamente um problema para F.B. supervisar o progresso de seus estudantes avançados de várias maneiras, não importando quão distantes eles pudessem estar.

Hermann Bauer em Freiburg / Breisgau publicou os três trabalhos científicos bem como uma “história de vida” de F.B. Infelizmente o editor modificou a “história de vida” para um atraente best-seller como um romance oculto. Eu tive de ler 40 páginas inteiras antes que pudesse descobrir uma frase verdadeira. Desde que o que aconteceu depois da partida de F.B. eu pude apenas comunicar esse desprazer para o H. Bauer. Eu não recebi nenhuma resposta para minha carta se referindo a esse assunto, embora depois desse incidente eu tive uma animada troca de cartas com o editor mencionado.

F.B. já tinha me ditado um quarto trabalho científico intitulado “O Livro de Ouro da Sabedoria”. Mas ele foi confiscado na casa dele e na minha e foi destruído. Esse tipo de literatura não é mais desejada em nosso país.

O fato de que durante o confisco tivemos de sacrificar todos os nossos outros trabalhos e livros não precisa ser enfatizado. Além dos 4 trabalhos científicos F.B. planejava também descrever a quinta carta de tarô para estudantes avançados bem como outros livros instrucionais sobre métodos de cura, etc. Sua partida, que foi inesperada para todos nós, o impediu de fazê-lo, é claro.

Não apenas o fim de Frabato é deturpado, como pode ver pelo que digo, mas muito foi completamente mudado e o resto foi rearranjado.

Nessa biografia F.B. não queria escrever um romance como tal, mas queria explicar aos seus estudantes e leitores o porquê de ele ser aconselhado pela Divina Providência a escrever sobre as primeiras três cartas de Tarô e entregá-las para o público. Ele nunca teria feito isso por si próprio, especialmente porque ele não queria ser reconhecido como um grande escritor. O livro Frabato é muito mais interessante em sua composição original do que em sua deselegante alteração.

Her. Bauer me pediu também que eu escrevesse algo sobre a vida de F.B. que ele queria inserir na biografia. Eu cumpri o seu desejo mas minha composição de In Memoriam, que está de acordo com a verdade, não foi publicada. H. Bauer mencionou, em sua carta de agradecimento, que não era adequada para o público em geral e a maioria dos leitores, que classificariam o conteúdo como fantasia. Ele mesmo achou o conteúdo muito interessante, ele me escreveu.

Eu me abstive de uma descrição da vida mundana porque ela não traria nenhum benefício. Se você for completamente maduro para o conhecimento hermético, então o conteúdo de In Memoriam que escrevi vai servir muito pra você. Eu fiz uma cópia para você com a qual pode ficar, leia-a frequentemente. Por favor confirme o recebimento desta carta mas por favor não mencione de onde você a recebeu. Seja muito cuidadoso agora com as palavras. Dê apenas dicas para o que deseja saber. Não muito distante de Zurique, isto é, em Lucerne, Stadthofstr. 6 mora o Sr. Ing. Wilhelm Koranvi, que visitou F.B. pessoalmente em novembro de 1957. Ele foi nosso hóspede por alguns dias e F.B. até levou Sr. Koranvi para sua casa em Silésia. Essas poucas horas que passaram com F.B. foram extremamente proveitosas.

Como é possível que seja seu tempo de férias, Mr. Kor. e sua esposa estão de férias. Se você quiser visitar a pessoa mencionada, então telefone a ele primeiro se possível. O telefone é de número 32426. Eu espero que você seja satisfeito com minha resposta por agora. Eu te desejo muito sucesso e contentamento, eu o cumprimento e assino



OTTI VOTAVOVA



P.S.: Eu escrevei para Ing. Kor, que ele te fará mais explanações quando você procurá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário