Evocação de Cargoste - Justin Beldwell

Sem conhecimento prévio algum do que os espíritos do elemento ar de Bardon faziam, eu decidi ir pela intuição e usar um pêndulo para decidir de qual espírito eu aprenderia melhor. Eu peguei meu pêndulo e li cada espírito e o coloquei sobre o sigilo. Ele finalmente deu uma leitura positiva em Cargoste (ela o pronuncia como Kér-gou-stí, eu a evoquei usando Kér-goust). Então usei duas letras do nome dela nos planos akáshico, mental, astral e material antes de evocar, só para ver os efeitos. Acho que elas produziram uma densidade astral muito forte.
Uma esfera azul em forma de lágrima descende à minha frente, parecendo muito leve, muito amigável de se vivenciar. Em seguida percebo uma forma que é muito parecida com uma fada e noto sua estrutura facial parecida com a dos índios norte-americanos, embora eu não pudesse retratar isso na foto, porque era muito sutil. Dou boas vindas a ela e ela me cumprimenta do mesmo modo com o qual praticamente todos os espíritos do ar me cumprimentaram, com um ar de superioridade. Eu não acho que eles realmente se acham melhores que os humanos (ou talvez só eu ache isso), ou melhores do que qualquer outro espírito, eu só acho que é o seu comportamento. Normalmente, depois da introdução inicial, eles são muito prazerosos e bastante amigáveis. Algum costume elemental, talvez? Depois dos cumprimentos, explico o que estou fazendo e pergunto se ela concordaria com isso. Ela aceita.

Quais são suas tarefas em específico?

Eu auxilio na comunicação com casais, amigos e aqueles que necessitam de uma comunicação mais profunda. Inspiro aqueles que tentam descrever emoções e pensamentos em poesia escrita. Eu afino o intelecto, de modo que ele consiga compreender emoção através da mente racional (análise da emoção). Sou uma inspiradora e professora na arte da lógica, bem como da fala correta para influenciar as emoções, criando o efeito desejado em outrem.

Como isso é feito?

Eu encontro mentes que estão prontas para a minha vibração e eu entro em contato próximo com elas. Então faço com que a aura delas ressoem com a minha vibração, de modo que compartilhem o meu insight e visão do universo. Uma vez que a ressonância é configurada, posso falar diretamente à pessoa e eles pensam que é apenas inspiração, ou posso deixar com que a ressonância funcione através de seu sistema energético por um período de tempo.

Por que você ajuda humanos?
        
Eu me apercebi dos poetas e do modo com o qual eles conseguiam inspirar as pessoas. Quero dizer, a capacidade que as palavras tinham nas mentes das pessoas com o desenrolar da história. Decidi, depois de longa meditação com humanos sobre a natureza da emoção e como tocar os corações de outros, que eu poderia fazer algo bom pela humanidade ao inspirar as pessoas a dizerem as coisas certas quando necessário. Trabalho com muitos músicos agora, porque esse é um grande meio de influenciar pessoas com emoção através das palavras corretas.

Agradeci Cargoste e perguntei se eu podia meditar na aura dela por alguns momentos. Descrevi a aura externa dela, mas quando eu alcancei a sua aura interna, era muito similar, a não ser que dentro da esfera existia um facho brilhante de luz na forma de asas. A compreensão correta de ambos daria ao mago os mesmos poderes de Cargoste. Eu novamente a agradeci e a levei de volta para a esfera da qual ela veio.
Também discutimos algumas coisas sobre Bardon e seu trabalho com os espíritos do ar, bem como seu desenvolvimento quando ele os evocou. Foi muito revelador.
(Em correspondência, perguntei a Justin sobre essa conversa. Ele apenas me disse o seguinte: “[Cargoste] me explicou que aparentemente [Bardon] teria encarnado duas vezes desde [a última vez em que trabalhou com os espíritos do ar]. Aparentemente, ele é mais ou menos um adolescente agora, embora ela não quisesse dar quaisquer detalhes”).

Justin Beldwell é um praticante americano dos trabalhos de Franz Bardon, autor, comediante e artista plástico que manteve um blog, de 2008 a 2009, sobre suas experiências com os espíritos da segunda obra de Bardon, PME. O blog dele é esse: http://www.justinbthemagician.blogspot.com